HIPERTENSÃO E SEUS FATORES ASSOCIADOS EM IDOSOS DA CIDADE DO NATAL/RN / HYPERTENSION AND ITS ASSOCIATED FACTORS IN THE ELDERLY OF NATAL / RN

Saulo Victor Silva

Resumo


O envelhecimento populacional, caracterizado pelo aumento da proporção de idosos em relação à população total, é um fenômeno já bastante evidente em países em desenvolvimento.  A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma Doença Crônica Não Transmissível (DCNT) considerada como um grave problema de saúde em todo o mundo. No Brasil, estima-se que aproximadamente metade da população acima de 50 anos de idade possui HAS. O presente estudo teve como objetivo identificar fatores associados da hipertensão em idosos da cidade do Natal/RN. O mesmo caracterizou por ser do tipo individualizado, observacional e transversal. Foram entrevistados 98 idosos hipertensos. A pressão alta esteve associada significativamente à frequência de ir ao serviço de saúde para controle da HAS (p=0,015), ao baixo consumo de água (p=0,023), ao consumo dos grupos de alimentos como leite e derivados integrais (p=0,013), Carnes e ovos (p=0,024), embutidos (p=0,042), gordura animal (p=0,003) e enlatados (p=0,036). Portanto, o estudo revelou que as acesso à serviços de saúde, estilo de vida e características do consumo alimentar podem influenciam na qualidade de vida dos idosos hipertensos. Reconhecendo que a HAS é uma condição clínica irreversível e com grandes impactos sobre a vida dos idosos.

 


Palavras-chave


Envelhecimento populacional, Idoso, Hipertensão Arterial Sistêmica, Consumo alimentar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright APEC e Rede Internacional de Universidades Laureate

E-mail: edunp@unp.br

AV. Senador Salgado Filho, nº1610. Prédio I, 3º andar, Sala 306. Lagoa Nova. Natal/RN. CEP: 59056-000.
Tel.: (84) 3215-1222

ibict_small_122