INFLUÊNCIA DA DEGRADAÇÃO TÉRMICA DOS POLISSACARÍDEOS NAS PROPRIEDADES REOLÓGICAS E DE FILTRAÇÃO DE FLUIDOS DE PERFURAÇÃO AQUOSOS

Dafne Ravena P Morais, Jéssica Pessoa Araújo, Fabio Pereira Fagundes, Keila Regina Santana Fagundes

Resumo


Basicamente, o papel dos polissacarídeos é melhorar as propriedades reológicas e de filtração dos fluidos de perfuração. Dessa forma, é absolutamente essencial correlacionar esses parâmetros à estrutura química de cada polímero usado. De acordo com a literatura, vários fatores podem influenciar as propriedades físico-químicas dos fluidos de perfuração, dentre os quais, a temperatura exerce um papel crucial, particularmente, em fluidos poliméricos. A degradação térmica de um polímero constitui um dos principais fatores responsáveis pela perda das propriedades físico-químicas dos fluidos e é fortemente influenciada pelas altas temperaturas. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho consiste em avaliar os mecanismos capazes de associar a influência da “temperatura de envelhecimento” às propriedades reológicas (viscosidade aparente, viscosidade plástica, limite de escoamento e força gel) e de filtração de fluidos à base de carboximetilcelulose (CMC), hidroxipropilamido (HPA) e goma xantana (GX), mostrando o comportamento inerente a cada polímero nos fluidos quando submetidos à diferentes temperaturas (77, 200 e 300 °F).

Palavras-chave


polissacarídeos, fluidos de perfuração, estabilidade térmica, Propriedades reológicas, Filtração

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright APEC e Rede Internacional de Universidades Laureate
E-mail: edunp@unp.br

AV. Senador Salgado Filho, nº1610. Prédio I, 3º andar, Sala 306. Lagoa Nova. Natal/RN. CEP: 59056-000.
Tel.: (84) 3215-1222