DETERMINAÇÃO DA PRESSÃO DE INJEÇÃO DE GÁS PARA ELEVAÇÃO DE PETRÓLEO POR GAS-LIFT CONTÍNUO

George Simonelli, Luiz Carlos Lobato dos Santos

Resumo


Os métodos de elevação artificial de petróleo são utilizados quando a energia do fluido contido no reservatório não é suficiente para que sejam vencidas as perdas de carga durante o escoamento até a superfície, ou quando se deseja aumentar a vazão de produção. Entre os diferentes métodos de elevação utilizados no Brasil, o responsável pela maior produção acumulada de óleo em campos offshore é o gas-lift contínuo. Nesse método, gás natural é injetado continuamente em uma determinada profundidade da coluna de produção. Entre alguns fatores, a injeção de gás depende especialmente da pressão disponível na saída da estação de compressão. A estação de compressão deve ser projetada para fornecer uma vazão de gás suficiente e a alta pressão. Neste trabalho foi mostrado o procedimento de cálculo da pressão de saída de uma estação de compressão de gás. Nos cálculos, foram utilizadas equações contidas na literatura para determinação das pressões necessárias na profundidade da válvula operadora, na linha de distribuição e na superfície, considerando-se a presença de choke. O cálculo da pressão de saída é fundamental na definição da potência requerida pela estação de compressão. A pesquisa resultou na elaboração de uma planilha eletrônica que, utilizando de forma sistemática as equações contidas na literatura, propicia realizar de forma rápida a determinação da pressão de injeção de gás para elevação de petróleo por gas-lift contínuo.


Palavras-chave


choke, gas-lift contínuo, produção de óleo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright APEC e Rede Internacional de Universidades Laureate
E-mail: edunp@unp.br

AV. Senador Salgado Filho, nº1610. Prédio I, 3º andar, Sala 306. Lagoa Nova. Natal/RN. CEP: 59056-000.
Tel.: (84) 3215-1222