Avaliação do potencial biotecnológico e farmacológico (determinação das atividades hemaglutinante e inibidora de proteases) de sementes de mostarda / Evaluation of biotechnological and pharmacological potential (determination of hemagglutinating and protease inhibitor activities) of mustard seeds

Raphael Paschoal Serquiz, Ana Heloneida de Araújo Morais, Disraeli Silva Pereira Sátiro, Alexandre Coelho Serquiz

Resumo


A busca pelo aumento da qualidade e expectativa de vida trouxe mudanças na cultura comportamental e alimentar dos indivíduos, levando-os a buscar um estilo de vida mais saudável, o que inclui atividade física e boa alimentação. Essas mudanças, ocasionaram uma redução do risco de desenvolvimento de doenças degenerativas, e, dentre os alimentos identificados como benéficos, as oleaginosas ganham destaque pelas suas propriedades anticarcinogênica, anti-inflamatória e antioxidante, auxiliando na diminuição desses riscos. O objetivo desse estudo foi avaliar o potencial biotecnológico e farmacológico, através da determinação das atividades hemaglutinante, inibidora de protease e avaliação do conteúdo de compostos fenólicos em sementes e molhos a base de mostarda. Tanto a semente quanto os molhos de mostarda apresentaram quantidades significativas de compostos fenólicos totais, que variam entre 0,189 – 0,24 mg/g equivalentes a ácido gálico, e atividades inibitórias para tripsina, entre 33-90% e quimotripsina entre 0,1-54%, deixando em evidência que a semente, quando comparada com os molhos, apresenta valores mais expressivos dentro das atividades avaliadas.


Palavras-chave


Semente. Mostarda. Oleaginosa. Compostos fenólicos. Atividade inibitória.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright APEC e Rede Internacional de Universidades Laureate

E-mail: edunp@unp.br

AV. Senador Salgado Filho, nº1610. Prédio I, 3º andar, Sala 306. Lagoa Nova. Natal/RN. CEP: 59056-000.
Tel.: (84) 3215-1222