INFLUÊNCIA DA CURA POR IMERSÃO EM CONCRETOS CONVENCIONAIS

Hugo Alessandro Almeida Diniz, ITALO VALE MONTE JUNIOR, SAMUEL SILVA DE OLIVEIRA, Kalina J. Marques de Sousa

Resumo


A cura é uma das principais etapas na execução do concreto, onde tem participação direta no processo de hidratação da pasta de cimento, que envolve os agregados e confere a conexão estrutural molecular. O objetivo desta etapa é a vedação do concreto, mantendo a água de amassamento no seu interior, evitando a retração e o transporte de substâncias que poderão interferir na hidratação. O presente trabalho buscou comparar o processo de cura por imersão com o processo de cura ao ar livre, verificando sua influência nas propriedades mecânicas do concreto. Para obter os resultados, realizou-se ensaios de resistência à compressão axial em seis idades, por um período de 70 dias. Observou-se um aumento médio de 14% na resistência a compressão dos corpos de prova com cura por imersão em relação ao referencial. Com base nos resultados, podemos concluir que a cura por imersão melhora o desempenho mecânico do material estudado.

Palavras-chave


Concreto; cura; resistência à compressão axial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright APEC e Rede Internacional de Universidades Laureate

E-mail: edunp@unp.br

AV. Senador Salgado Filho, nº1610. Prédio I, 3º andar, Sala 306. Lagoa Nova. Natal/RN. CEP: 59056-000.
Tel.: (84) 3215-1222